Menu

Vitorioso no Contender Series, Augusto Sakai prevê tranquilidade em estreia

14 de Setembro de 2018

Mesmo antes de participar do Dana White's Contender Series Brasil, Augusto Sakai já era um peso-pesado conhecido no circuito internacional. O curitibano de 27 anos sabia que poderia chegar ao UFC em breve, mas lutar na frente de Dana White para talvez ganhar um contrato é uma experiência que poucos podem dizer que tiveram.

Dono de um cartel 11-1, sendo a última vitória o nocaute técnico sobre Marcos Conrado Jr. no programa gravado em Las Vegas, Sakai afirma ter evitado pensar na pressão que é lutar em frente ao chefe, e afirma não ter ficado completamente satisfeito com seu desempenho.

Garanta seu ingresso para o UFC São Paulo

"Procurei não colocar essa pressão em cima de mim. Eu sabia que se soltasse meu jogo e mostrasse o que tenho, eu ganharia e eles acabariam me contratando. A luta em si não foi muito como eu esperava, mas acho que deu para mostrar um pouquinho", disse, reconhecendo que o nervosismo tomou conta.

"Acho que poderia ter soltado mais meu jogo. Não sei se foi a ansiedade do momento que me atrapalhou, mas acho que posso render mais do que mostrei".

Mais UFC SP: Noite especial para 'Sheetara' | Marina quer "bagunçar" categoriaTudo sobre o evento

E isso ele poderá mostrar em 22 de setembro, no UFC São Paulo. Sakai faz sua estreia promocional contra Chase Sherman no Ginásio do Ibirapuera, e espera ter o apoio dos fãs ao lutar em casa.

"Eu acredito que estarei mais à vontade, mas cada luta tem uma emoção diferente, uma pressão. Como estreia, acho que vou estar mais tranquilo. Espero que os fãs torçam por mim, e espero poder retribuir essa torcida dando um nocaute, quem sabe. Vou fazer um grande show".

"Quem já me conhece, espero que continue me acompanhando e torcendo. Eu sempre vou dar meu melhor a cada luta. E para quem ainda não me conhece, assistam minha luta que vocês não vão se arrepender".