Menu

Colby Covington vence RDA e é o novo campeão interino dos meio-médios

09 de Junho de 2018

Não foi desta vez que Rafael dos Anjos conquistou seu segundo cinturão no Ultimate. No UFC 225, Colby Covington superou o brasileiro por decisão unânime após cinco rounds e ficou com o título interino dos meio-médios.

Mais UFC 225: Claudinha e Charles vencem no card preliminar

RDA fez um bom primeiro assalto, apesar da constante pressão de Colby. O brasileiro não se deixou ser colocado para baixo, trabalhou bem o clinch e aproveitou qualquer espaço que conseguiu para desferir os golpes mais contundentes.

Entretanto, o ritmo e a postura ofensiva de Covington não diminuíram com o passar dos rounds, e o grande volume de golpes do norte-americano, aliado ao incansável trabalho na grade foram aos poucos minando a força de Rafael, que ainda surpreendeu aplicando suas próprias quedas no quarto round - o que não foi suficiente para dar a vitória ao brasileiro.

Os jurados pontuaram a luta 49-46, 48-47 e 48-47, todos em favor de Covington, o novo campeão interino dos meio-médios do UFC.

Holly faz luta segura e vence Megan

O duelo entre duas especialistas na trocação se desenrolou quase inteiramente no chão. Após uma pressão inicial de Megan Anderson, que conectou uma boa joelhada seguida de uma cotovelada, Holly Holm passou a adotar uma estratégia mais cautelosa e incomum para ela, colocando a australiana diversas vezes de costas no chão e ditando o ritmo do combate durante os três rounds.

Tuivasa vence Arlovski em três rounds

Tai Tuivasa se juntou definitivamente à elite dos pesos-pesados. O australiano de 25 anos conquistou a maior vitória de sua carreira ao superar o ex-campeão Andrei Arlovski por decisão unânime, na primeira vez em que um combate seu foi além do primeiro assalto. “Bam Bam”, que começou o evento como 12º no ranking da divisão, agora soma dez vitórias e segue invicto.

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube