Menu

Jéssica encontra Joanna nos bastidores e diz: 'quero ganhar no que ela é forte'

10 de Maio de 2017

A brasileira Jéssica Andrade, conhecida como Bate-Estaca, terá uma das missões mais difíceis da sua carreira no sábado (13), em Dallas, quando enfrenta a campeã Joanna Jedrzejczyk na segunda luta mais importante do UFC 211. A desafiante chegou aos Estados Unidos na segunda-feira e já no dia seguindo cruzou com a atual campeã nos bastidores.
Mais UFC 211: Cinco motivos para não perder | Bate-Estaca tem a senha para vencer Joanna | Campeã prega respeito | Quem vai parar Joanna Jedrzejczyk? | Melhores Momentos de Jéssica

“Foi bem bacana o encontro, admiro muito a Joanna. Ela é a campeã, por enquanto. Vi uma entrevista em que ela fala que a mente e o coração são importantes na luta, e isso eu tenho de sobra. Foi bom encontrá-la para ver que realmente há respeito. Não tem essa rivalidade de querer brigar antes, mas no octógono daremos o máximo”, disse a desafiante.

Jéssica Andrade também explicou que sabe que a adversária gosta de provocar durante as encaradas, mas enxerga isso como normal, “até porque não entendo nada do que ela fala”. O primeiro encontro entre as duas acontecerá nesta quarta-feira durante o media-day.

Focada apenas na luta deste sábado, a brasileira disse que fez sua preparação toda para aguentar lutar os cinco rounds em alto nível e que na última luta, quando venceu Angela Hill por decisão dos juízes, percebeu que ainda estava muito bem no terceiro assalto. Confiante que sairá campeã, Jéssica quer vencer a rival no que ela tem de melhor: a luta em pé.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC

“Fiz minha preparação me baseando no que ela é boa, sabendo que é versátil e defende muito bem as quedas, mas é especialista na trocação. Quero ganhar da Joanna no forte dela, que é a luta em pé. Já estou pensando lá na frente, porque vencendo assim coloco medo nas próximas adversárias”.