Menu

Jones e Gustafsson: provocações e empurrão em coletiva de imprensa

02 de Novembro de 2018

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em 2 de Nov, 2018 às 3:00 PDT

Cinco anos após uma das mais épicas disputas de título da história do Ultimate, Jon Jones e Alexander Gustafsson estão oficialmente se preparando para a aguardada revanche no UFC 232, e ficaram frente a frente nesta sexta-feira em coletiva de imprensa realizada no Madison Square Garden, em Nova York.

Voltando a aparecer publicamente pelo UFC pela primeira vez desde a suspensão por doping em 2017, Jones foi ovacionado pelo público e disse que o objetivo em seu retorno é “solidificar seu lugar como um dos maiores lutadores de todos os tempos”.

O ex-campeão meio-pesado, que venceu o sueco no primeiro encontro por decisão unânime, falou sobre o equilibrado duelo de setembro de 2013, dizendo que pode ter subestimado Gustafsson e que não se preparou adequadamente na ocasião, ao que o oponente retrucou.

“Tudo que eu ouço são desculpas. Já te venci uma vez e vou vencê-lo novamente”, disse Gustafsson, deixando claro que discorda do resultado oficial do combate, “Eu o respeitei demais da primeira vez. Desta vez, não vou respeitá-lo tanto”.

Os dois voltaram a trocar provocações em outros momentos, com Jones citando derrotas anteriores do sueco e Gustafsson respondendo de maneira educada, porém sem se intimidar.

“Bones” foi o lutador mais requisitado pelos repórteres e se mostrou bastante solícito, respondendo ainda sobre possíveis duelos com nomes como Brock Lesnar, Daniel Cormier e Luke Rockhold, falando sobre a superação de seus problemas pessoais, entre outros tópicos.

Na hora da encarada, Jones deu um passo à frente de Gustasson, que retribuiu na mesma moeda e foi empurrado pelo norte-americano, obrigando Dana White a intervir e separá-los.

O UFC 232 acontece no dia 30 de dezembro na T-Mobile Arena, em Las Vegas.

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube