Menu

Junior Cigano tem atuação de gala e nocauteia Tai Tuivasa no UFC Adelaide

02 de Dezembro de 2018



Deu Brasil na luta principal do UFC Adelaide. Junior Cigano não tomou conhecimento de Tai Tuivasa e estragou a festa da torcida local após nocautear o peso-peso no segundo round do duelo, realizado no último sábado (01)

Mais UFC Adelaide: Shogun nocauteia Pedro | Wilson Reis vence no card preliminar

"Sabia que ele era duro, mas não tão duro assim. Ele chutou minha perna da frente e ainda consigo sentir isso. Porém, tenho poder de nocaute e posso nocautear qualquer um", falou o peso-pesado, que complementou com um desafio. "Acho que uma revanche contra Alistair Overeem seria muito boa agora".

Cigano e Tuivasa começaram fazendo um duelo bem estudado. Aos poucos, os pesos-pesados foram soltando mais as combinações, com o australiano pressionando o brasileiro no clinch junto à grade no final do primeiro round.

O segundo assalto, no entanto, teve um panorama completamente diferente. Cigano soltou mais os jabs e encontrou a distância, enquanto Tuivasa recebia golpes limpos enquanto buscava a aproximação. O ex-campeão então acertou um cruzado de direita limpo no queixo do adversário, que foi à knockdown. Cigano então finalizou o duelo no ground and pound, conquistando seu primeiro nocaute desde 2013 e somando agora duas vitórias consecutivas.

Confira os resultados do completos do UFC Adelaide:

CARD PRINCIPAL
Junior Cigano vence Tai Tuivasa por nocaute técnico aos 2m30s do 2º round;
Mauricio Shogun venceu Tyson Pedro por nocaute técnico aos 43s do 3º round;
Justin Willis venceu Mark Hunt por decisão unânime (triplo 29-28);
Tony Martin venceu Jake Matthews por finalização (anaconda) aos 1m19s do 3º round;
Sodiq Yusuff venceu Suman Mokhtarian por nocaute técnico aos 2m14s do 1º round;
Jim Crute venceu Paul Craig por finalização (kimura) aos 4m51s do 3º round;

CARD PRELIMINAR
Alexey Kunchenko venceu Ben Nguyen por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27);
Wilson Reis venceu Ben Nguyen por decisão unânime (triplo 30-27);
Keita Nakamura venceu Salim Touahri por decisão dividida (30-27, 28-29, 29-28);
Kai Kara-France venceu Elias Garcia por decisão unânime (30-25, 30-25, 30-26);
Christos Giagos venceu Mizuto Hirota por decisão unânime (29-28, 29-27, 30-28);
Damir Ismagulov venceu Alex Gorgees por decisão unânime (30-25, 30-26, 30-26).

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube