Menu

Nocaute espetacular e grandes lutas marcam o card preliminar do UFC 228

08 de Setembro de 2018



O card preliminar do UFC 228, realizado na noite deste sábado (08), foi contemplado com um dos nocautes mais espantosos do ano. Geoff Neal acertou um chute alto certeiro na lateral do rosto de Frank Camacho, que caiu desacordado no segundo round do duelo entre ambos. Esta foi a segunda vitória do meio-médio na organização.

Mais UFC 228: Resultados da PesagemAnálise: Woodley x Till | "Bate-Estaca" sonha com título | Quem vence: Woodley x Till


As primeiras lutas do evento também foram marcadas por grandes desempenhos de dois veteranos do MMA. Jim Miller se mostrou avassalador e finalizou Alex White no primeiro round. O peso-leve acertou um forte direto de esquerda no queixo do rival, que sentiu e foi para o chão, sendo finalizado pelo mata-leão de Miller logo em seguida. Essa foi a 18ª vitória do norte-americano em 30 lutas na organização - o atleta com mais lutas na história do UFC.

"Estou tentando segurar as lágrimas agora. Fui diagnosticado com Doença de Lyme em 2015 e venho lutando muito para não me afogar nesta doença. Agora, finalmente sinto que estou com a cabeça para cima da água. Nos últimos meses, enfim consegui treinar como atleta profissional novamente. Eu perdi minhas últimas quatro lutas e só quero continuar lutando", disse emocionado.

Outro lutador experiente que se apresentou bem no octógono foi Diego Sanchez. O campeão do TUF 1 pressionou Craig White durante os 15 minutos do duelo e saiu vitorioso por decisão unânime.

Confira os resultados do card preliminar do UFC 228:

Tatiana Suarez venceu Carla Esparza por nocaute técnico aos 4m33s do 3º round;
Aljamain Sterling venceu Cody Stamann por finalização (chave de joelho) aos 3m42s do 2º round;
Geoff Neal venceu Frank Camacho por nocaute aos 1m23s do 2º round;
Darren Stewart venceu Charles Byrd por nocaute técnico aos 2m17s do 2º round;
Diego Sanchez venceu Craig White por decisão unânime (triplo 30-27);
Jim Miller venceu Alex White por finalização (mata-leão) aos 1m29s do 1º round;
Irene Aldana venceu Lucie Pudilova por decisão dividida (29-28,28-29, 29-28);
Jarred Brooks venceu Roberto Sanchez por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28).

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube