Menu

Raio-X: Daniel Cormier x Stipe Miocic

09 de Julho de 2018

Ele conseguiu! Aos 39 anos, Daniel Cormier superou todas as probabilidades e se tornou apenas o segundo homem a ser campeão de duas categorias de peso simultaneamente no UFC, destronando Stipe Miocic com um incrível nocaute no primeiro round da luta que liderou o UFC 226.

A luta durou 4m33s, mas foi tempo suficiente para muito acontecer. Aqui vai uma análise de como "DC" venceu e entrou para a história do MMA.

Mais UFC 226: Raio-X: Borrachinha x Hall | Miocic parabeniza DC | Cormier promete 'amassar a cara' de Lesnar | Personalidades reagem à vitória de DC

Quantidade de golpes

Durante o duelo, o que chama a atenção é que Miocic teve um volume de golpes maior que o oponente, realmente conectando 24 de 51 strikes significativos - uma precisão de 47%. Já Cormier acertou 25 em 37 tentativas, ou seja, uma precisão de 67%.

Alvo principal: cabeça

Outro número impressionante é a quantidade de golpes "altos" desferidos por DC. Dentre os 25 golpes já citados, 20 acertaram a cabeça de Miocic. Isso significa que 80% dos strikes de Cormier tiveram como alvo o rosto do rival, enquanto 4 chutes acertaram a perna, e apenas um golpe atingiu o tronco do até então campeão.

Clinch e quedas

Ao contrário do que muitos apostavam, o chão não foi o caminho para Cormier vencer. Na verdade o autor da única queda do combate foi Miocic, que derrubou o desafiante brevemente e fintou várias vezes a entrada para derrubar. Miocic também acertou mais golpes no clinch (5 de 9 golpes significativos), mas não conectou nada quando a luta estava no solo.

Cormier, por outro lado, acertou 2/2 golpes no clinch, e 4/4 golpes no chão - todos depois do fatídico cruzado de direita.

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube