Menu

Raio-X: dissecando a primeira luta entre Alvarez e Poirier

26 de Julho de 2018

Dois dos melhores pesos-leves do mundo farão uma aguardada revanche neste sábado (28), quando o ex-campeão Eddie Alvarez e Dustin Poirier se encontrarem na luta principal do UFC Calgary.

Mais UFC Calgary: Nicolau quer "soltar magias"Enquete: Aldo x Stephens | Os números de Aldo e Stephens | Motivos para ver | Dois brasileiros em ação | Confira o card completo

O primeiro encontro entre eles aconteceu em maio de 2017 e terminou sem resultado após Alvarez conectar joelhadas ilegais em Poirier a 48 segundos do final do segundo assalto. Confira, em números, como estava o duelo até aquele momento:

Os cinco minutos iniciais de combate foram marcados por muito estudo e movimentação de ambos os lados. Prova disso é o baixo aproveitamento de golpes conectados tanto por Alvarez (30%), quanto por Poirier (38%). O mais efetivo, no entanto, foi Dustin, que conectou 29 golpes contra apenas 17 de seu adversário, incluindo o mais contundente do assalto - uma poderosa esquerda que atordoou o ex-campeão.

O segundo round começou com domínio mais amplo de Poirier, que acertou Alvarez novamente com sua esquerda e colocou o ex-campeão em modo de sobrevivência. Ao todo, Dustin conectou 44 golpes no assalto, com um aproveitamento muito maior, de 63%, enquanto pressionava buscando definir o duelo.

Em meio à pressão, no entanto, o atleta da American Top Team foi pego de surpresa por um duro soco de Alvarez, que transformou a luta em uma guerra; ele teve, no segundo round,  números superiores aos do primeiro - 27 golpes conectados e 37% de aproveitamento, conseguiu aplicar sua primeira queda (em 4 tentativas) e vivia seu melhor momento no duelo até a interrupção por joelhadas ilegais.

Buscando definição na rivalidade e um title-shot, Alvarez e Poirier se encontram novamente no sábado, em evento com transmissão ao vivo do Combate a partir de 16h55.

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube