Menu

Tony Ferguson vence Anthony Pettis em luta espetacular no UFC 229

06 de Outubro de 2018

Foi um verdadeiro show. Em uma batalha épica, sangrenta e imprevisível, Tony Ferguson venceu Anthony Pettis por nocaute técnico ao final do segundo assalto na luta co-principal do UFC 229.

Mais UFC 229: Vicente e Formiga vencem no card preliminar

“El Cucuy” foi muito superior no primeiro round, mas sofreu um knockdown no início do segundo, o que deixou o combate completamente aberto. Ferguson se recuperou e voltou a dominar a luta e, ao final do assalto, Pettis acusou uma fratura na mão e seu treinador o impediu de voltar, obrigando o árbitro a decretar um precoce fim para um duelo espetacular.

Muito emocionado por voltar triunfante apenas seis meses após sofrer um rompimento de ligamento do joelho, Ferguson, que chegou à impressionante marca de 11 vitórias seguidas no Octógono declarou o desejo de encarar o vencedor do duelo entre Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor em sua próxima luta.

Reyes vence OSP e mantém invencibilidade

A divisão dos meio-pesados tem mais um representante na elite: Dominick Reyes, que conquistou esse status neste sábado, ao superar o então sétimo colocado no ranking da categoria, Ovince Saint Preux. O norte-americano de 28 anos dominou os três rounds e ainda aplicou um knockdown no último segundo de luta, mantendo sua invencibilidade na carreira ao conquistar a 10ª vitória - quarta no UFC.

Lewis consegue virada espetacular

Em um dos momentos mais celebrados pelo público em toda a noite na T-Mobile Arena, Derrick Lewis conquistou uma vitória épica ao nocautear o russo Alexander Volkov a apenas 11 segundos do fim do combate. O norte-americano havia perdido os dois primeiros assaltos e vinha perdendo também o terceiro, já havia quase sido nocauteado e dava sinais de muito cansaço, mas conseguiu sua terceira vitória seguida no Octógono - e a nona nas últimas 10 lutas.

Waterson vence de forma dominante

Na abertura do card principal, Michelle Waterson não teve grandes problemas para superar Felice Herrig em três rounds pelo peso-palha. A atual oitava colocada no ranking da categoria falou após a vitória que deseja ser considerada uma candidata a uma disputa de título e que pretende se tornar a primeira mãe campeã no Ultimate.