Menu

Top 5: revelações brasileiras no UFC em 2017

01 de Janeiro de 2018

Chegamos ao fim de 2017 e, com isso, é hora de fazer uma retrospectiva sobre o ano dos brasileiros no octógono. Aqui, vamos listar os atletas do país que chegaram fazendo barulho no Ultimate na última temporada.

UFC Belém: Cadastre-se e saiba tudo sobre o evento

Marlon Moraes



Ex-campeão do World Series of Fighting e invicto desde 2011, o peso-galo Marlon Moraes chegou cheio de expectativa ao octógono, mas se viu diante de uma pedreira em sua estreia: Raphael Assunção. Em luta equilibrada, o friburguense viu sua sequência de vitórias interrompida, mas se recuperou rapidamente com triunfos sobre John Dodson e um nocaute espetacular sobre Aljamain Sterling, encerrando seu ano de estreia com saldo positivo e deixando claro que faz mesmo parte da elite da categoria.

Paulo Costa



É difícil imaginar um ano de estreia melhor que o de Paulo Borrachinha no UFC. O mineiro de 26 anos fez três lutas pelo Ultimate em 2017, vencendo todas por nocaute, incluindo a mais recente sobre o ex-campeão Johny Hendricks. Ele ampliou seu cartel para 11-0 e entrou para o Top 15 na divisão peso-médio. 2018 promete.

Alexandre Pantoja



Participante do TUF 24, o peso-mosca Alexandre Pantoja fez boa campanha no reality, passando inclusive pelo atual sétimo colocado no ranking da categoria, Brandon Moreno. Ele eventualmente caiu na semifinal, mas ganhou uma chance no plantel do UFC e correspondeu: foram duas vitórias em duas lutas e uma vaga no Top 15 para o carioca de 27 anos, que não sabe o que é derrota desde 2010.

Ricardo Ramos



Um dos atletas mais jovens do plantel do Ultimate, o peso-galo Ricardo Carcacinha, de 22 anos, ainda tem uma longa estrada para percorrer no MMA, mas começou o caminho com o pé direito. Ele fez duas lutas no octógono em 2017, e encerrou o ano com uma grande impressão, ao nocautear Aiemann Zahabi com uma cotovelada giratória.

Marcelo Golm



A divisão peso-pesado está sempre em busca de renovação, e Marcelo Golm mostrou potencial para oferecer exatamente isso. Ele chegou como substituto de última hora para o UFC São Paulo, em outubro, mas não se intimidou e venceu Christian Colombo em pouco mais de dois minutos de combate em sua estreia. Aos 25 anos, o paulista está invicto em seis lutas na carreira.

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Baixe o aplicativo do UFC